Aprenda a forma correta de fazer manutenção em telhas

20.02

homem-trocando-telhado-de-casa

Primeiramente, devemos conhecer os tipos de telhas que existem no mercado. Todas elas precisam de manutenção, algumas com mais frequência que outras. Mas é importante estar atento ao estado que todas elas se encontram. Vamos conhece-las?

Telhas metálicas

Elas podem ser feitas de aço, alumínio, zinco ou uma junção de diferentes metais. São muito resistentes, duráveis, leves e normalmente usadas para cobrir grandes áreas.

Telhas sanduiche

É um tipo de telha feita de metal e normalmente é “recheada” com diversos materiais isolantes, tais como lã de rocha, poliuretano, isopor e poliestireno, sendo uma placa plástica expandido, é um material com ótimo isolamento térmico e acústico. O produto não tem cheiro, reciclável e fisicamente estável. E é o que tem de mais moderno no mercado de telhas.

Telhas de cerâmica

São as mais comuns no Brasil: aquelas avermelhadas, feitas de barro, que dão um ar rústico e tradicional às construções. Precisam de uma estrutura resistente por causa que são pesadas e precisam de manutenções frequentes.

Telhas de fibrocimento

São muito populares e chegaram ao mercado para substituir as antigas telhas de amianto, que pararam de ser comercializadas por causa do risco que trazem à saúde. São telhas leves e mais baratas quando comparadas aos outros modelos existentes, entretanto, absorvem muito calor e deixam o ambiente quente. Também precisam de manutenções mais frequentes.

Telhas de vidro

Uma das melhores opções que se encontra no mercado atualmente. Encontradas em diversos formatos, elas oferecem a casa a possibilidade de economia de energia e se mantém limpas por muito tempo, por isso precisam de menos manutenção.

A manutenção

A manutenção deve ser realizada pelo menos uma vez ao ano, para cuidar da limpeza do telhado, principalmente nas telhas de cerâmica e fibrocimento o acúmulo de limo e outras sujeiras podem comprometer a estrutura da telha. Isso pode implicar em sua troca, gerando gastos. Caso tenha acúmulo de sujeiras grandes, pode ocorrer o surgimento de fungos que também podem danificar a estrutura da telha. Gerando infiltrações ou vazamentos.

Além da limpeza, deve-se analisar o estado que as telhas estão, se alguma se quebrou ou rachou, ou se estão fora da posição. Este passo é imprescindível para a permanência de um telhado que cumpra sua função com eficiência. Da mesma forma também deve-se fazer, periodicamente, a impermeabilização do telhado, para evitar infiltração e vazamentos. A pintura também deve ser renovada de tempos em tempos, uma vez que ela influencia diretamente na temperatura da casa.

Não se pode esquecer da manutenção da estrutura que sustenta o telhado. Ela deve ser devidamente limpa e higienizada. No caso de estruturas de madeira o cuidado deve ser ainda maior, deve-se observar se não está tendo incidência de cupins ou apodrecimento. No caso de estrutura metálica, deve-se observar se não está tendo ferrugem ou corrosão do material. As calhas também devem ser limpas regularmente, para evitar entupimento destas.

Dessa forma, se você se atentar a todos estes detalhes, seu telhado irá durar por mais tempo e você estará livre de gastos extras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *