COMO CRIAR SUA PRÓPRIA ESTUFA?

14.06

Ao longo dos últimos anos cresceu de forma exponencial o número de pessoas que tem preferido consumir alimentos orgânicos, que são plantados da forma mais natural possível, sem que seja usado nenhum tipo de agrotóxico.

Por conta disso, a oferta desse tipo de alimentos hoje é grande.

Ainda assim, adquirir alimentos verdadeiramente orgânicos não é tão fácil quanto parece; muitos fornecedores que afirmam vender produtos naturais tapeiam seus consumidores e utilizam uma série de compostos químicos durante o plantio.

Pensando nisso, muitas pessoas tem preferido não arriscar e plantar parte dos alimentos que consomem em sua própria casa. Se você está entre aqueles que desejam seguir esse caminho, saiba que um dos primeiros passos para tanto é criar uma estufa.

O QUE É UMA ESTUFA E QUAL SUA IMPORTÂNCIA?

Dá-se o nome de estufa a um ambiente fechado (ou parcialmente fechado) no qual é possível se ter um maior controle climático.

O objetivo de uma estufa é, basicamente, acumular e conter o calor em seu interior e ajudar a proteger as plantas e/ou alimentos ali alocados de intempéries, como chuva, calor ou vento excessivo.

A estufa pode ser de dois tipos: natural ou elétrica. Na estufa natural, que é a mais comum, o aquecimento se dá por meio da radiação solar; na elétrica, por sua vez, o ambiente é aquecido por meio da transformação de energia elétrica em energia térmica.

MONTANDO SUA ESTUFA

Montar uma estufa não é tarefa fácil, porém está longe de ser algo impossível. Para fazê-lo, basta atentar-se a alguns detalhes.

UTILIZE O ESPAÇO COM PARCIMÔNIA

Cada tipo de planta e/ou alimento requer uma determinada quantidade de espaço para crescer. Algumas, inclusive, não se dão bem com outras, precisando ficar afastadas para crescer corretamente.

Por esse motivo, ao criar uma estufa é importante que você plante os itens que deseja com calma e paciência. Não atulhe o local. Colocar muitos itens próximos será contraproducente; isso não fará crescer mais plantas ou alimentos, mas sim prejudicará seu potencial de crescimento. Na dúvida, portanto, vá com calma e plante aos poucos. Descubra pouco a pouco os limites de seu espaço.

PRESERVE A LUZ NATURAL DO LOCAL

Uma estufa, apesar de ser fechada, precisa ter boa incidência de luz solar. O ideal, portanto, é que você vede o local com elementos translúcidos, que permitam a passagem da luz, como por exemplo os blocos e as telhas de vidro.

Os blocos de vidro são excelentes para criar divisórias que não pesam o ambiente. As telhas de vidro, por sua vez, são ótimas para vedar o local e proteger os alimentos de chuva excessiva, do vento e principalmente do frio. Ambos são extremamente duráveis, fáceis de manter e acessíveis.

VENTILAÇÃO É ESSENCIAL

Além de luz uma estufa precisa ter ventilação.

Sem dúvida, por mais que o objetivo de uma estufa seja reter calor e isolar parcialmente a matéria orgânica do exterior, é preciso que haja um certo nível de ventilação para que o local não fique muito quente.

Ao vedar o local, portanto, uma boa ideia é investir nos elementos vazados; se você nunca ouviu falar em elementos vazados, saiba que esse é o nome de uma estrutura muito utilizada em edificações quando se deseja fechar um local sem que seja prejudicada a corrente de ar local. Para uma estufa, isso é essencial.

QUER MONTAR UMA ESTUFA? CONTE COM A PRISMATIC!

Se você quer montar sua própria estufa mas está com dúvidas e não deseja errar, não deixe de entrar em contato com a Prismatic.

Somos uma empresa que está há mais de 50 anos no mercado, sendo especialista em telhas e blocos de vidro, além de elementos vazados e outros tipos de produtos.

Ao entrar em contato conosco, você encontrará uma equipe de profissionais bem treinada e disposta, que estará pronta e à disposição para auxiliá-lo a encontrar a solução ideal para que você crie a sua estufa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *