Descubra como é feita a estrutura de um telhado

15.02

Na maioria das casas brasileiras temos telhados tradicionais, com estruturas de madeira e telhas de cerâmica. Essas telhas, como as de vidro e fibrocimento, possuem uma estrutura um pouco complexa, pois envolve muitas medidas a serem consideradas em sua montagem. Dessa forma, poucas pessoas dominam ou conhecem o processo de construção dessa estrutura. Neste texto vamos falar um pouco sobre ele e tentar explicitar a forma como funciona sua montagem.

A montagem da estrutura

A princípio, é importante lembrar que é um elemento todo feito com pedaços de madeira. Existem estruturas para telhados feitos de metal também, mas estes são menos comuns e são normalmente usados para telhas metálicas. Já no caso das telhas tradicionais a madeira é indispensável. A construção tem início com as tesouras, a estrutura triangular que vence o vão transversal da construção e são colocadas nas extremidades do telhado. Essa será a base da estrutura do telhado.

Logo em seguida são colocadas as terças, que são vigas de grandes dimensões que vencem o vão longitudinal da construção, entre as tesouras. Elas servem para preencher o espaço e fortalecer a base que sustentará as telhas. O próximo passo é colocar os caibros, eles são peças mais finas colocadas no sentido oposto ao das terças. Elas delimitarão o espaçamento entre a sequência de telhas.

A seguir vem as ripas, instaladas logo após, os caibros formam a trama. As ripas são ainda mais finas que os caibros e é necessário colocar uma para cada linha de telhas. Dessa forma, a distância entre as ripas vai ser dependente do tamanho da telha usada para cobrir a casa. Quanto maior a telha, maior o espaçamento; quanto menor a telha, menor o espaçamento. O próximo passo consiste em encaixar as telhas nos espaços deixados para isso na estrutura.

Detalhes da montagem

É importante lembrar que a estrutura deve ter um peso, juntamente com as telhas, suportado pela casa. Caso contrário, a casa se encherá de rachaduras entre outros problemas de sustentação. Por isso, deve-se atentar na escolha da madeira e do tipo de telha usado, pois o peso varia de um para outro.

Outro detalhe que não deve ser deixado de lado é a questão da vedação. As telhas devem estar bem posicionadas para que não ocorra a entrada de água em casa pelo telhado. A infiltração de água pode causar problemas nas paredes como mofo e fungos e colaborar para a deterioração destas. Por isso, para a preservação da casa, é preciso manter tudo bem vedado.

Escolha das telhas

Uma boa alternativa para se evitar problemas como mofo e fungos é o uso de telhas de vidro, pois elas permitem a entrada de luz e calor do sol. Dessa forma, ocorre a evaporação da possível umidade acumulada nas paredes da casa. Essa é apenas uma das diversas vantagens de se usar as telhas de vidro prismatic. Trabalhamos com diversos modelos de telhas de vidro e certamente temos um modelo que pode te atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *