Entenda como funciona e como surgiu o telhado embutido

26.11

Existem diversas formas de aplicação de telhados, aplicações feitas para muitos estilos de casas e gostos arquitetônicos. Um tipo de aplicação de telhas moderno e popular é o telhado embutido. Para aqueles que não conhecem o telhado embutido, se trata daquele tipo de telhado que fica escondido. Nele as paredes que ficam por fora da casa são mais altas do que a cobertura da mesma, escondendo o telhado. Por dar uma aparência mais clean á casa, esse teto é escolhido por arquitetos e projetistas que buscam uma estética limpa e moderna.

Origem dos telhados embutidos

Os telhados embutidos tiveram sua origem na Ásia. Para ser mais específico, em países orientais, como China, Coréia e Japão. Segundo estudiosos, este método foi aplicado devido a condições climáticas e podem ser encontradas em templos xintoístas e templos budistas. Acontece que o teto duplo oferecia mais proteção ao clima. De lá para cá, os telhados embutidos vêm sendo apropriados por diversas outras culturas por se mostrarem belos e também econômicos, uma vez que, necessitam de estruturas mais leves e menores. Assim, nota-se a resistência do teto embutido a passagem do tempo, e conclui-se que se trata de algo realmente inovador apesar do tempo de existência.

Características do telhado embutido

Uma característica destacável do telhado embutido é a sua inclinação. Normalmente, a inclinação dos tetos embutidos é menor que a dos tetos normais. Acontece que a telha de barro gera peso maior sobre a casa, dessa maneira, é preciso drenar a água de forma mais rápida possível, evitando que o peso sobre a casa aumente. Já no caso dos telhados embutidos, a inclinação costuma ser menor. Isso pode ser visto como vantagem ou desvantagem, uma vez que isso amplia a variedade de escolhas no projeto e facilita a execução do mesmo. Por outro lado, fica pouco espaço entre o telhado e a laje, dificultando a manutenção do local e também é comum que não sobre espaço para a caixa dágua entre o telhado e a laje.

Outra característica que se deve ser atento, é a colocação de calhas, já que a água da chuva não tem outro lugar para escorrer. Se as calhas não forem bem colocadas, pode acontecer de acumular água no teto, assim, podem surgir diversos problemas em sua casa. Da mesma forma, se deve atentar para a colocação de rufos. Eles são responsáveis por fazer a proteção entre a parede e o telhado e também no topo da parede, evitando as infiltrações. Com os rufos bem colocados você evita prejuízos estéticos em sua casa e prejuízos físicos também.

Para finalizar, é importante que se faça a impermeabilização do teto. Quando tem uma cobertura, sendo ela tradicional ou embutida, quem recebe diretamente a água são as telhas. Por isso é preciso tomar cuidado para que não tenham vazamentos e essa água não chegue até a laje. Dessa forma, é preciso impermeabilizar o sistema de telhas embutido de forma que não gere sobrepeso e que fique bem vedado, evitando problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *