QUAIS SÃO AS EXPECTATIVAS DO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL PARA 2021?

08.01
Categorias:

O ano de 2020 foi desafiador para quase todos os setores da economia; é praticamente impossível apontar algum segmento que tenha passado incólume pela pandemia, com toda a questão da quarentena, fechamento forçado de estabelecimentos, distanciamento social e afins.

Para muitos setores, infelizmente essa situação não vai mudar tão cedo e eles irão continuar vivendo uma situação desagradável por mais algum tempo.

Para outros, por outro lado, há causa para otimismo.

A construção civil é um deles.

Sem dúvida, se os últimos meses do ano de 2020 forem parâmetro, há boas causas para ficar esperançoso para o ano de 2021; segundo o IBGE, o Índice Nacional da Construção Civil subiu 1,71% em outubro de 2020.

Mas será que esses últimos meses do ano realmente são parâmetros e podem ser utilizados com segurança para se projetar o que podemos esperar de 2021? Abaixo iremos avaliar algumas variáveis que estão no “radar” dos profissionais da construção civil e que os estão ajudando a ter uma idéia do que esperar nesse próximo ano.

 

OBRAS PÚBLICAS PUXAM A RETOMADA DO SETOR

No ano de 2020 ocorreram eleições para prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Como a maior parte dos brasileiros sabe, durante o período eleitoral as obras públicas deslancham e vemos um grande número de construções e reformas pelas ruas.

Passada as eleições, contudo, tais obras são muitas vezes retardadas ou até descontinuadas por completo.

Por conta desse histórico, muitas pessoas temiam que a retomada que o setor da construção civil registrou nesse último trimestre fosse apenas um efeito colateral das artimanhas que a maior parte dos partidos políticos adota para fazer bela figura junto à sua base de eleitores.

Ao que tudo indica, no entanto, esse não será o caso; há incontáveis sinais positivos, que dão bons indicativos de que não só as obras que já estão em andamento irão continuar sendo feitas, mas também que novos projetos sairão do papel.

 

QUEDA DA TAXA SELIC

No mês de agosto o governo cortou em mais de 50% o valor da taxa Selic, com a mesma tendo caído de 4,5% para 2,0%.

Essa redução é vista com bons olhos pelos profissionais da construção civil e como indicativo de que dias melhores virão para o setor a medida que facilita o acesso à crédito e, consequentemente, viabiliza a realização de uma maior quantidade de obras.

 

NÃO IMPORTA O CENÁRIO, A PRISMATIC ESTÁ AO SEU LADO

A Prismatic atua há mais de cinco décadas no mercado da construção civil e, por mais que não possamos dizer que já tenhamos vivido alguma situação sequer parecida com essa, do Coronavírus já vimos um bocado de coisas nesse tempo em que estamos atuando no mercado.

Sendo assim, acreditamos ter a experiência necessária para ajudá-lo a encarar os desafios e as oportunidades que esse próximo ano trarão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *