QUAIS SERÃO OS EFEITOS DA PANDEMIA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL?

01.06
Categorias:

O Brasil vive hoje um dos piores momentos da crise ocasionada pelo novo Coronavírus; as pessoas estão cansadas do isolamento e, consequentemente, respeitando a quarentena cada vez menos; os leitos dos hospitais estão quase esgotados e os números de infectados e mortos não para de subir.

Eventualmente, contudo, a situação irá melhorar e nós voltaremos à normalidade — ou melhor dizendo, a “nova normalidade”.

Se você não entendeu o que queremos dizer com “nova normalidade”, não se assuste; estamos nos referindo a um conceito relativamente novo, que está sendo aventado por diversos profissionais da saúde para se referir ao mundo “pós-quarentena”.

Segundo eles, mesmo quando pudermos relaxar as medidas de isolamento social, nada será como antes; teremos que reaprender a viver em sociedade; haverá uma série de medidas e protocolos que serão criados com o intuito de proteger a população.

Tais mudanças afetarão cada setor de uma forma.

Como nós, aqui da Prismatic, atuamos no setor da construção civil, a seguir iremos falar um pouco das tendências esperadas para esse setor ao longo das próximas semanas e meses por conta da pandemia.

 

OBRAS MAIS ENXUTAS

Uma das primeiras consequências da pandemia para o setor da construção civil é a predileção por obras mais enxutas — isso, aliás, já é uma realidade; milhares de pessoas foram pegas desprevenidas pela pandemia e tiveram que reduzir o escopo de suas obras (e quando falamos escopo, nos referimos tanto ao tamanho da obra, como número de operários, por exemplo, quanto a sua complexidade).

Isso irá ocorrer principalmente por dois motivos: as pessoas estarão com orçamento restrito, podendo gastar menos, e os canteiros de obras precisarão implementar medidas mais duras de higiene e até trabalhar com contingente reduzido.

 

AMBIENTES SEGMENTADOS

Distanciamento social é chave para controlar a disseminação do vírus.

Sendo assim, tem havido cada vez mais demanda por estruturas que possibilitem a segmentação dos ambientes sem que eles sejam completamente separados, como os blocos e estruturas correlatas de vidro.

 

VENTILAÇÃO NATURAL

Fora isso, estruturas que estimulem a ventilação dos ambientes, como os cobogós, por exemplo, também serão bastante buscadas — ainda não há consenso entre os cientistas quanto a melhor forma de ventilar um local para evitar a propagação do vírus, contudo boa parte deles está chegando a conclusão de que a ventilação natural é preferível à artificial, tal qual aquela proporcionada pelo ar condicionado.

 

PRECISANDO DE AJUDA, CONTE CONOSCO

Vivemos tempos desafiadores.

Para muitas pessoas, esse será o maior desafio de suas vidas.

Ainda que tenhamos consciência disso, não podemos desanimar; se nos unirmos e tivermos ao nosso lado parceiro resilientes e confiáveis, iremos superar isso.

Por esse motivo, fazemos questão de ressaltar: nós, da Prismatic, estamos aqui para ajudá-lo naquilo que for preciso.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *