TODOS OS TIPOS DE VIDRO PODEM SER RECICLADOS?

23.07
Categorias:

Muitas pessoas não sabem, mas não existe apenas um tipo de vidro no mercado.

Comum, temperado e laminado são alguns poucos exemplos de subdivisões bastante comuns desse tipo de material.

Sendo assim, é absolutamente natural que indaguemos: todos os vidros são recicláveis ou há alguns tipos que não podem ser reaproveitados?

Por incrível que pareça, essa não é uma pergunta fácil de se responder.

Explica-se: em teoria, todos os tipos de vidro são 100% recicláveis. Na prática, no entanto, a história não é bem essa; apesar de ser possível reaproveitar a maior parte dos tipos de vidro, isso nem sempre é vantajoso ou viável, haja vista que muitas vezes é preciso equipamentos ou técnicas específicas para fazê-lo.

Para acabar com quaisquer dúvidas, a equipe da Prismatic preparou um apanhado de discar acerca de cada tipo de vidro e sua possibilidade de ser reciclado.

VIDRO COMUM (FLOAT)

Esse é o tipo mais comum de vidro.

Ele é utilizado em potes, fracos, garrafas e afins.

Na maior parte dos casos ele pode ser facilmente reciclado, portanto costuma ser atrativo para os coletores.

VIDRO TEMPERADO

Dá-se o nome de temperado ao vidro que passou por um tratamento químico ou térmico para aumentar a sua durabilidade.

Ele é até 5 vezes mais resistente que o vidro comum, sendo capaz de aguentar até mesmo variações bruscas de temperatura.

Ao contrário do vidro comum, no entanto, o vidro temperado não é tão fácil de ser reciclado; um dos maiores empecilhos para que isso aconteça é o fato de que esse tipo de vidro não se fragmenta em pedaços pequenos, o que dificulta o processo de reciclagem – não que ele se torne impossível; ele fica apenas mais difícil, sendo possível passar esse tipo de vidro por uma máquina que irá quebrá-lo e triturá-lo em pedaços menores antes de trabalhá-lo novamente.

VIDRO LAMINADO

O vidro laminado é feito a partir da junção de duas lâminas de vidro comum unidas por meio de uma película de plástico especial, tal qual PVB, que é capaz de filtrar 99% dos raios UV, além de garantir maior segurança em caso de quebra, já que os estilhaços ficam grudados na película.

Esse tipo de vidro pode ser reciclado, porém com cuidado: é preciso primeiro remover o filme para que isso seja possível. Para tanto, esse tipo de vidro é moído e então separado da película.

DÚVIDAS? FALE CONOSCO!

O vidro é um material fantástico; além de belo, ele é resistente, versátil e ecologicamente correto.

Sendo assim, não hesite em incorporá-lo à sua obra sempre que possível; há diversas formas de colocá-lo em sua obra, como por exemplo por meio da inclusão de telhas, blocos e até mesmo cobogós de vidro.

Nessa hora, fale com a Prismatic, uma empresa com mais de 50 anos de experiência de mercado, que trabalha não apenas com as estruturas acima mencionadas, mas também com uma série de outros produtos e serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *