Conheça plantas que necessitam de pouco sol e podem ser criadas em casa

27.11
Categorias:

Qual é a melhor época do ano para reformar o telhado
Além do poder de embelezar qualquer ambiente e agradar a todos, ter plantas e flores em casa nos aproxima da natureza, proporcionando um tom de maior serenidade no nosso dia a dia.

Plantas são especiais também por limpar nosso ar através do processo de fotossíntese. Absorvendo o ar poluído e transformando-o em oxigênio. Além disso, umidificam o ar no processo natural de transpiração não só trazendo benefícios para o ambiente, mas também para os moradores da casa, que terão mais qualidade respiratória.

Falta de luz solar não é motivo para não ter plantas em casa: abaixo separamos algumas espécies que não precisam de exposição frequente ao sol, as chamadas “plantas de sombra”, para esverdear sua varanda.

Areca

A areca é uma das palmeiras mais versáteis e populares, pois fica bem em jardins, vasos em ambientes internos, sendo usada até mesmo em cercas vivas.

A espécie pode crescer exposta diretamente ao sol, mas suas folhas ficam nitidamente mais vistosas quando cultivadas à meia sombra.

Não deve ficar em ambientes com ar condicionado e deve ser regada regularmente.

Aglaonema

Esta é uma planta originária da Ásia, Filipinas e Oceania. Possui cerca de 50 espécies. Essa planta consegue aguentar facilmente baixas temperaturas e (acredite) precisa ficar somente na sombra.

Ela deve ser plantada em solo bem drenado e receber regas apenas quando a terra parecer realmente seca.

Uma ótima espécie para cultivar em casa, pois filtra toxinas presentes no ar.

Antúrio

Original da Colômbia, o antúrio é uma planta tradicional no paisagismo por conta de sua beleza e por ser de fácil cultivo e manutenção.

Por suas flores vistosas, a planta é clássica e decorativa. É tradicionalmente usada em vasos, mas há um certo tempo passou a compor também paisagismos de jardins, sempre sob a sombra de outras plantas.

Para seu desenvolvimento, é necessário que fique à meia sombra, sem receber a luz solar direta, e com regas frequentes (mas que não a encharquem). Apesar de a planta não precisar da luz solar para se desenvolver, é importante saber que ela não pode ficar em ambientes escuros.

Echeveria

Esta é uma suculenta super popular, planta que armazena água nas folhas e caules. A espécie tem o formato parecido com o de uma rosa.A espécie é muito usada para fazer belíssimos arranjos em vasos com outras suculentas e também cactos.

Deve ser regada apenas uma vez por semana. A umidade intensa pode apodrecer suas raízes. É uma planta que não tolera muito sol.

Jiboia

Essa planta é originária da América Central. É uma planta que combina a beleza com os cuidados mais simples possíveis.

A espécie resiste a climas de baixa temperatura e precisa de umidade relativamente moderada. Por isso é importante saber que deve-se evitar o uso de prato com água sob o vaso.

É uma planta que remove formaldeído e monóxido de carbono do ar.

Lírio-da-paz

Esta é uma suculenta super popular, planta que armazena água nas folhas e caules. A espécie tem o formato parecido com o de uma rosa.A espécie é muito usada para fazer belíssimos arranjos em vasos com outras suculentas e também cactos.

Deve ser regada apenas uma vez por semana. A umidade intensa pode apodrecer suas raízes. É uma planta que não tolera muito sol.

Minicacto

Os famosos pequenos cactos são encontrados facilmente em supermercados e são ótimos para compor incríveis arranjos.

Diferentemente dos cactos grandes, estes pequeninos não devem ser expostos à luz direta do sol e se adaptam bem melhor a ambientes internos bem iluminados.

Para saber o momento da rega, basta verificar se a terra está seca. Normalmente as regas são semanais.

Orquídea cymbidium

Desenvolve-se em locais protegidos do frio e do vento e não exige regas constantes. Produz flores brancas, cor-de-rosa ou vermelhas, somente no inverno.

Orquídea phalaenopsis

Precisa de boa ventilação e luminosidade natural indireta. Mantenha o vaso úmido, mas nunca encharcado.

Violetas

Esta é uma das mais tradicionais plantas decorativas. A violeta possui uma grande variedade de cores, permitindo que você crie diversas composições com seus vasos.

Ficam bem em parapeito de janelas, mesas, cantos de pias… Todo cantinho é cantinho pra elas. O fator mais importante é garantir que sejam expostas somente à luz indireta. É fundamental que a rega seja uma ou duas vezes por semana, mas sem molhar as folhas e flores.

 

 

Telhas de vidro são uma excelente alternativa àqueles que se preocupam com a saúde de suas plantas. Apesar de precisarem de pouca luz, as telhas permitem que a quantidade necessária as atinja.

Possuindo o que existe de mais moderno dentro do segmento de estrutura produtiva e de suporte, a Prismatic possui um amplo leque de alternativas para telhas de vidro, como telha de vidro romana, telha de vidro tettogres, telha de vidro plan canal, dentre outras.

Telhas de vidro possuem muitas aplicações, além de proporcionar iluminação natural à sua casa e à saúde de suas plantas. São também perfeitas para eliminar morcegos, pássaros e insetos dos forros dos telhados e proteger o sistema de aquecimento solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *