ENTENDA COMO É FEITO O TRANSPORTE DE TELHAS

03.05

Telhas, tijolos e objetos afins não são exatamente delicados; eles são construídos para serem duráveis, com os mesmos devendo ser capazes de prover estabilidade e proteção à edificação na qual serão instalados.

Isso, contudo, não quer dizer que tais estruturas são inquebráveis.

Sem dúvida, apesar dessas estruturas serem consideravelmente fortes, há certos cuidados que devem ser observados para salvaguardar a sua integridade física, em especial no que concerne o seu transporte.

Abaixo iremos listar algumas das principais precauções que precisam ser tomadas para que o transporte desse tipo de carga ocorra sem maiores problemas.

 

A CARGA NÃO PODE SE MOVER

A chave do transporte de qualquer tipo de carga é a sua fixação; é imprescindível que os itens a serem transportados sejam devidamente fixados para que eles não se movam durante o percurso.

No caso de cargas pesadas, como as telhas e tijolos, por exemplo, isso é especialmente importante a medida que tais cargas, quando estão juntas, tem peso considerável; tal peso, em conjunto com alterações significativas de velocidade, podem resultar em um estrago considerável não apenas na carga em si, mas também no veículo que a está transportando e até mesmo em seus passageiros — imagine um caminhão que está transportando centenas de tijolos mal fixados e precisa fazer uma frenagem de emergência; a carga irá de uma única vez para a frente, podendo inclusive atingir a cabine.

Vale ressaltar, ainda, que a carga não deve estar apenas bem fixada no veículo que a está transportando, mas também entre si; se um conjunto de telhas estiver fixo de forma frouxa, a trepidação decorrente da locomoção poderá acabar causando trincas, rachaduras e até quebras.

 

DEVE EXISTIR SEPARAÇÃO ENTRE OS ITENS

Outro ponto importante a ser considerado no transporte desse tipo de item é a separação adequada dos itens transportados.

Muitas vezes, é interessante utilizar algum material com capacidade de absorção entre dois itens para evitar que o contato de ambos durante o processo acabe resultando em algum tipo de dano para os mesmos.

 

O VEÍCULO UTILIZADO DEVE SER ADEQUADO

Por fim, mas de forma alguma menos importante, existe a questão do veículo utilizado para o transporte; se ele não tiver as dimensões, proporções, capacidade de carga e até mesmo de amortecimento adequado, há grande chances de que ele vá chegar danificado ao ponto de entrega — isso se ele chegar e não ficar pelo caminho; infelizmente, em nosso país é muito comum os caminhões andarem com carga acima do permitido, o que danifica não apenas o asfalto, mas também o caminhão e a carga em si.

 

PRECISANDO DE AJUDA, CONTE COM A PRISMATIC

A Prismatic atua no mercado da construção civil há mais de 50 anos.

Ao longo desse período, já vimos e fizemos um bocado de coisas.

Justamente por isso, fazemos questão de sempre colocar aqui no blog textos explicativos, no qual tentamos explicar um pouco mais acerca desse universo para os nossos parceiros e clientes.

E se você precisa de qualquer tipo de auxílio nesse sentido, seja para a aquisição de algum tipo de material ou até mesmo para sanar alguma dúvida, não hesite; entre em contato com a nossa equipe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *