PRINCIPAIS TIPOS DE TELHAS E A DIFERENÇA EM SUAS ESTRUTURAS

31.10
Categorias:

Há incontáveis tipos de telhas no mercado.

Cerâmica, concreto, vidro e metal são apenas alguns dos exemplos mais comuns.

Sendo esse um mercado tão vasto, é absolutamente natural que surjam certas dúvidas na hora de escolher a telha que será colocada na parte superior de sua casa.

Com isso em mente, a equipe da Prismatic preparou um apanhado de informações acerca das principais diferenças entre os modelos mais comuns de telhas e a estrutura que elas requerem para serem instaladas.

TELHA DE CERÂMICA

A telha de cerâmica é, possivelmente, a mais comum no Brasil.

Encontrá-las é relativamente fácil, com as mesmas estando disponíveis na maior parte das lojas de construção. Fora isso, elas oferecem bom isolamento térmico e são fáceis de limpar e manter.

Seu peso, contudo, não é dos menores; esse tipo de telha pesa cerca de 40 quilos por metro quadrado, requerendo, por conta disso, um engradamento resistente e bem feito para sustentá-la.

TELHA DE CONCRETO

A telha de concreto, assim como a de cerâmica, é tradicional.

Elas são duráveis, oferecem bom conforto térmico e diversas outras vantagens.

Seu peso, no entanto, é ainda maior que o da telha cerâmica; para instalá-las, será preciso desenvolver um engradamento ainda mais reforçado, o que pode acabar aumentando o tempo de execução da obra, assim como seu custo.

TELHA DE VIDRO

O número de edificações com telhas de vidro cresceu exponencialmente ao longo dos últimos anos.

Tal popularidade pode ser explicada, em parte, pelo fato de que esse é um tipo de telha relativamente simples de instalar; ela é leve, não requerendo, portanto, uma estrutura complexa para ser fixada, o que é visto como uma vantagem por muitas pessoas.

Outras vantagens desse tipo de telha é o fato de que ela proporciona uma maior entrada de luz natural no local, sendo excelente para deixar a casa mais iluminada ou até mesmo para proteger a casa de certos tipos de pragas — as telhas de vidro permitem a entrada de luz solar, criando um ambiente mais iluminado e menos úmido, que não é do agrado das principais pragas urbanas.

Vale ressaltar, ainda, que muitas pessoas gostam de combinar as telhas de vidro a outros tipos de telha, como a de concreto ou cerâmica, por exemplo; dessa forma, elas conseguem tirar proveito dos benefícios das telhas de vidro ao mesmo tempo que anulam a principal desvantagem das telha de cerâmica ou de concreto: o peso.

Sem dúvida, ao misturar telhas de vidro às de cerâmica ou concreto é possível alcançar uma redução significativa do peso total do telhado e, por conseguinte, da complexidade da obra em si.

FICOU COM DÚVIDA? FALE CONOSCO!

Conforme mencionamos no início do texto, é absolutamente natural ficar em dúvida sobre os tipos de telha disponíveis e não saber qual é a melhor opção para sua casa.

Nesse momento, não hesite; entre em contato com a Prismatic e deixe que um de nossos colaboradores lhe ajudem a encontrar a solução ideal para a sua necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *