VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS FACHADAS DE VIDRO

26.10
Categorias:

A fachada de uma edificação comercial deve ser capaz de refletir de forma clara e inconfundível a filosofia e as aspirações da empresa que opera ali.

Isso é um conceito básico de marketing.

Justamente por isso, um número cada vez maior de empresas tem se interessado por fachadas de vidro; em um mundo dinâmico, atribulado e complexo, elas são, muitas vezes, a solução ideal, conferindo um toque de classe, elegância e leveza.

Para muitas pessoas, no entanto, não é tão fácil se render a esse tipo de fachada; há muitos mitos rondando essa estrutura, portanto achamos adequado preparar um breve texto no qual apontamos quais são as principais vantagens e desvantagens da fachada de vidro para seu negócio.

MAIS ILUMINAÇÃO, MENOS GASTO

Um dos pontos mais interessantes das fachadas de vidro é a economia de energia que ele proporciona.

Sem dúvida, por ser tratar-se de um material translúcido, há uma maior incidência de luz solar no ambiente, sendo necessário utilizar menos iluminação artificial para clarear o local durante o dia.

Vale ressaltar, ainda, que ao contrário do que muitas pessoas pensam, a maior incidência de luz solar não necessariamente irá deixar o ambiente mais quente; para evitar que o ambiente aqueça, basta utilizar o tipo correto de vidro (há certos tipos de vidros, como o endotérmico, por exemplo, que reduzem em cerca de 20% ou 30% a quantidade de energia incidente, proporcionando algum nível de isolamento térmico) ou combinar a fachada com outros artifícios, como a instalação de paredes ou lajes vivas (com plantas), cobogós e assim por diante.

BELEZA E LEVEZA

Outro ponto positivo da fachada de vidro é o aspecto estético diferenciado que ela é capaz de conferir à empresa.

O vidro, por si só, é capaz de transmitir leveza, clareza e transparência; tais qualidades são excelentes para boa parte das empresas, de forma que pode-se dizer que a fachada de vidro combina com praticamente todos os tipos de empresa.

DESVANTAGENS

Construir uma fachada de vidro requer certos cuidados.

Para começo de conversa, é preciso levar em conta a resistência do vidro que será utilizado; não basta colocar qualquer tipo de vidro, haja vista que isso iria resultar em um verdadeiro desastre.

Fora isso, há a questão da reflexão; em locais nos quais há forte incidência de luz solar é preciso projetar a fachada com cuidado, para que ela não prejudique os arredores — há casos de fachadas de vidro que acabaram se tornando um problema para o trânsito local, por exemplo; a luz refletia nela e atrapalhava a visão dos motoristas que passavam por ali.

Há, ainda, a questão dos ruídos sonoros; se a fachada não for feita adequadamente, ela pode acabar deixando a edificação barulhenta. Para evitar isso, é preciso utilizar o tipo correto de vidro, na espessura adequada.

FICOU INTERESSADO? FALE CONOSCO!

Há diversas formas de se fazer uma fachada de vidro.

Você pode fazê-la inteiriça de vidro, utilizando estruturas de aço para fixar as chapas de vidro no local; nesse caso, o vidro responde pela totalidade da fachada.

Há também a opção de fazer apenas uma parte dela de vidro, utilizando, para tanto, chapas ou blocos de vidro.

Enfim, há incontáveis formas de construir esse tipo de fachada.

Sendo assim, nossa recomendação é a de que você busque o auxílio de uma empresa especializada em vidros e veja qual é a solução ideal para sua necessidade.

Nesse momento, conte com a Prismatic, uma empresa especializada em diferentes tipos de vidro, sejam eles para fachada ou outra finalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *